terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

É A REALIDADE

REFLITA




Enquanto alguns dos que se dizem "cristãos" se preocupam em discutir teologia, homens simples trabalham no resgate das vítimas.

Milhares de pessoas mortas e "crentes" orando por prosperidade no conforto de suas igrejas.

Retrato do descaso humano: Biscoitos de terra, água, banha e sal

para matar a fome, antes que a fome os mate. Está servido?


In memorian. Zilda Arns, exemplo de cristianismo (e ela não era evangélica!), dedicação e amor ao próximo.
Tirado de um site da Internet.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Nunca tenha medo de confiar o futuro desconhecido ao Deus onisciente.









Leitura: Hebreus 11:8-12.

Mensagem:


Medo do Desconhecido


Alguma vez Deus pediu para você fazer algo sem sentido? Algo que o levou à região do desconhecido? O que seria se Ele lhe pedisse para recuar uma promoção muito esperada ou que resistisse a um relacionamento muito desejado? E se Ele o chamasse para ir a um lugar longínquo da terra ou lhe pedisse para liberar seus filhos para servi-lo em um lugar distante?

O desconhecido é cheio de questões que nos perseguem: “E se…”. No entanto, em nossa caminhada com Ele, Deus freqüentemente nos chama para mapear território desconhecido. Obedecer a Seus mandamentos de perdoar; dar nossos tesouros aos outros, ou renunciar a algo que nos dá segurança e prazer, nos coloca muitas vezes em território assustador, de resultados desconhecidos.

Imagine como Abraão se sentiu quando Deus lhe pediu que se mudasse com toda a sua família, sem lhe dizer para onde eles estavam indo (Gênesis 12:1-3). Deus também pediu a Abraão para perseverar – para ficar na terra desconhecida, mesmo quando a sedução do conforto de tempos passados ameaçava atrair ele e sua família de volta à sua zona de conforto em Ur.
Começar um novo ano é como entrar em um território que ainda não foi mapeado. O medo do desconhecido poderia paralisar nossa capacidade de seguir a liderança de Deus nos dias adiante de nós. Entretanto, como Abraão, quando nos apegamos àquele que conhece todas as coisas, está em boas mãos – não importando para onde Ele possa nos guiar.


Deus te abençoe.

Pra. Fernanda Faria

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

SOMENTE CREIA





Hebreus:11.6


"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam."

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Fichamento do livro Nosso iceberg está derretendo.






p.9 “Este iceberg sempre será o nosso lar.”
p.10 “Este é o nosso lar”, diriam se você fosse visitá-los naquele mundo de gelo e neve. Também diriam, com razão, devido ao ponto de vista deles, “e sempre será o nosso Lar.”
p.11 “Fred era incrivelmente curioso e observador.”
p.12 “Fred era bom marido e bom pai, mas se socializava menos do que o habitual.”
p.13 “Fred não entrava em pânico à toa.”
p.14 “Fred se sentiu um pouco solitário.”
p.15 “A colônia tinha um Conselho de Liderança.”
p.18 “Alice ficou admirada por não ter percebido esses sinais.”
p.20 “Melhor porque não era mais o único pingüim a ter consciência do possível desastre.”
p.21 “Pior porque ainda não via nenhuma solução, e não tinha gostado muito do modo Alice dissera” e “(...) esteja preparado...” e “(...) alguns dos líderes não quererem ver nenhum problema”.
p.22 “... Pingüins não conseguem fazer caretas.”
p.24 “... Fred pensou em escrever um discurso no qual apresentaria estatísticas sobre a redução do tamanho do iceberg.”
p.25 “Depois de muito refletir, Fred criou uma nova estratégia para apresentar suas idéias na reunião.”
p.26 “Se os pingüins pudessem dar grunhidos e gemidos, os barulhos teriam sido ouvidos”.
p.27 “Apenas um dos pingüins do Coelho de liderança não se aproximou da réplica do iceberg.”
p.28 “Quando a demonstração terminou, houve um longo silêncio.”
p.29 “Cada frase de NoNo era dita em um tom mais alto do que a outra.”
p.30 “Ele pode garantir que está 100% certo de seus dados e suas conclusões?”
p.31 “Fred não respondeu nada. Alice lhe lançou outro olhar encorajador.”
p.32 “Um dos pingüins líderes observou: Nós precisamos formar um comitê de membros desta equipe para análise a situação e procurar possíveis soluções.”
p.34 “Preocupar os outros é PÉSSIMO.”
p.36 “Alice estava fascinada. Era arriscado, pensou consigo mesma, mas Fred era mesmo esperto!”
p.38 “NoNo foi ignorado.”
p.39 “As aves ficaram espantadas, mesmo aqueles que normalmente respondiam a tudo dizendo Bem, sim, mas.”
p.41 “Seja realista. Só faltam alguns meses para o inverno.”
p.42 “A colônia precisa de uma equipe de orientação para este período difícil. Eu não posso fazer isso sozinho.”
p.43 “Definitivamente não é exatamente um intelectual.”
p.44 “Fred. Mais jovem. Surpreendentemente curioso e cuidadoso. Criterioso. Belo bico. Dados insuficientes para avaliar seu Q.I.”
p.48 “Há mitos anos os pingüins detectaram esse problema e descobriram uma solução: só caçam lulas em grupos.”
p.49 “Tudo um pouco estranho, porém fascinante”.
p.52 “Mas, após uma discussão construtiva, a opinião de Alice prevaleceu.”
p.54 “Fred estava olhando para uma gaivota. Como normalmente não há gaivotas na Antártica, todos arregalaram os olhos.”
p.55 “Fred usou o termo que os pingüins tinham de mais parecido com a palavra “nômade”.
p.58 “Eu sou uma exploradora. Vôo na frente do clã procurando onde poderíamos viver.”
p.60 “Depois de viver da mesma maneira durante tanto tempo, porque deveria ser lógico pensar em um estilo de vida totalmente novo?”
p.63 “Uma colônia nômade... Livre e sem lar fixo. Podemos aprender com a gaivota.”
p.65 “... Definitivamente, enfrentaremos, e mais importante do que nunca nos lembraremos de quem realmente somos.”
p.66 “Imaginem, essas aves são livres! Vão para onde querem.
p.69 “NÓS SEREMOS BEM- SUCEDIDOS!
p.71 “A SOLUÇÃO NÔMADE FAZ SENTIDO”
p.75 “O que é preciso para isso? Você consegue mais peixe sendo um explorador?”
p.76 “Quase uma dúzia de aves manifestou interesse em se tornar “ exploradora” e sair em busca de um novo lar para a colônia.”
p.77 “A princípio, as boas notícias apagaram o efeito das más.”
p.79 “O iceberg está derretendo. Devemos nos mudar. Temos uma boa visão. Tempo para implementação.”
p.85 “Naquela mesma noite, a maioria dos pesadelos desapareceu.”
p.86 “Com licença como posso me tornar uma heroína?”
p.87 “Alguns pais ficaram nervosos com tanta agitação, mas as crianças adoravam.”
p.88 “Mas e os seus pesadelos?”
p.89 “Ah, eles não me assustam mais. Agora vou ajudar a colônia. Ela disse que todos nós poderíamos ajudar pai!”
p.90 “Os exploradores foram escolhidos, treinados e partiram no dia seguinte. Fred escolheu bem. Eles eram fortes, inteligentes e muito determinados.”
p.91 “A vida era chata. Isto é DIVERTIDO.”
p.94 “NoNo era incansável. Ele nunca trabalhou tanto quanto naquele dia.”
p.95 “A multidão aplaudiu. Os exploradores deram grandes risadas (pelo menos até onde um pingüim pode fazer isso).”
p.96 “HERÓI.”
p.97 “HERÓI.”
p.98 “Os exploradores falaram sobre as descobertas.
p.99 “Poucos eram os ainda descrentes na colônia. Alguns dos pingüins ainda tinham reservas, muitos das quais justificáveis. Outros eram apenas nervosos por natureza.”
p.100 “Quase mais ninguém prestava atenção em NoNo.”
p.101 “Os exploradores voltaram orgulhosos, animados e muito felizes. O restante da colônia também ficou orgulhoso, animado e feliz em vê-los de volta.”
p.102 “Graças à sua liderança segura, Louis passou a ser muito admirado pela colônia. Mas consegui não deixar que seu orgulho se transformasse em arrogância.”
p.104
“O inverno passou. A colônia tinha problemas, mas não tantos quanto às aves ansiosas esperavam.”
p.105 “Como todos podem imaginar, a preparação para a segunda mudança foi muito menos traumática do que para a primeira.”
p.107 “Eu ADORO ser um explorador.”
p.108 “Não é fácil acabar com a tradição. A cultura se modifica com tanta dificuldade nas colônias de pingüins quanto nas colônias humanas.”
p.109 “Fred foi convidado a servir no Conselho de Liderança como Presidente dos exploradores. Ele se sentiu honrado e aceitou.”
p.110 “Com o correr do tempo, a colônia prosperou. As aves mais jovens sempre pediam ao Avô Louis que lhes contasse a história da Grande Mudança.”
p.112 “Ser nômade é divertido. Mas onde é o nosso lar, Suzy?”
p.113 “A resposta é simples, Tom:
“Nosso lar é onde estão aqueles que amamos.”
p.115 “Elas lêem e refletem sobre a história.”
p.116 “Elas discutem a história com outras pessoas.”
p.117 “As pessoas usam a história dos pingüins fora do local de trabalho.”
p.119 “Desenvolva a visão da mudança e a estratégia.
p.120 “Crie uma nova cultura. Reforce os novos comportamentos e certifique que serão bem-sucedidos até se tornarem suficientemente fortes para substituir tradições.”
p.121 “Pensar de um modo diferente pode ajudar a mudar o comportamento e levar a resultados melhores.”
p.121 “Sentir de um modo diferente pode mudar ainda MAIS o comportamento e levar a resultados melhores.”

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Volta Redonda, Estado do Rio, Brazil
Amigo sou uma pessoa que amo falar de Jesus, não é de religião que quero falar, mas do futuro da alma que Jesus veio salvar.Deus amou de tal maneira a este mundo de horror,que enviou seu filho amado para ser teu salvador.Pois Ele é o "CAMINHO,A VERDADE E A VIDA"(Jo14,6).AMIGO SÓ EXISTE UM CAMINHO PRA A ETERNIDADE, QUE É JESUS.ELE TE AMA E TE CHAMA SEM CESSAR.Jesus quer mudar a sua vida e te transformar no mais puro perfeito amor,dê essa chance para você,abra seu coração a Jesus e deixa ele entrar,apagar o seu passado e transformar o seu futuro.Só depende de você,tomar a atitude de aceita-ló.Como seu único e senhor e SALVADOR da sua VIDA.Abra seu coração para a maior expressão de AMOR que é Jesus,Ele te chama.